segunda-feira, 23 de março de 2009

"Robô Fashion"

Koji Sasahara/AP
No último dia 17, cientistas apresentaram a pioneira "robô fashion" no Japão, conforme publicação da France Presse, em Tsukuba. Ela foi projetada para ser usada como modelo em passarelas de desfiles de moda.
A andróide é uma graça. Possui olhos grandes, nariz pequeno e 42 motores de movimentos programados para mimetizar os passos e expressões naturais de modelos tem 1,58 m de altura (a média de altura das mulheres japonesas com idade entre 19 e 29 anos) e pesa 43 kg (incluindo baterias). "Olá a todos, eu sou a humana cibernética HRP-4C", diz a fashionista do futuro, abrindo a coletiva de imprensa do Instituto Nacional de Avanços Industriais em Ciência e Tecnologia.
Ela é capaz de reproduzir expressões como raiva (à esq.) e surpresa (à dir.) e segundo seus criadores, é inspirada nos desenhos japoneses chamados mangás ou animês. "Temos inspiração deliberada no estilo animê. Seria bizarro se nós fizéssemos um robô tão similar aos humanos reais", disse um dos inventores, o pesquisador de robôs Shuji Kajita. Disse que a andróide "foi desenvolvida essencialmente para o uso da indústria do entretenimento".
No momento, entretanto, ela não está à venda. A robô fashion HRP-4C caminha diante dos jornalistas, durante a demonstração no Japão desfilando diante dos fotógrafos e equipes de televisão; sedutora fez poses, sorriu para flashes e fez "caras e bocas" na passarela improvisada, de acordo com os comandos transmitidos via wireless por jornalistas, com intermédio do dispositivo bluetooth de celulares.
Segundo os pesquisadores, a apresentação foi uma prévia do que será a aparição da andróide diante das câmeras em um desfile de moda que será realizado hoje, dia 23 de março. Como as suas companheiras de passarela, a robô-modelo tem peso leve e preço pesado (custou US$ 2 milhões (cerca de R$ 4,6 milhões).

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails