quarta-feira, 30 de maio de 2012

Outono Quentinho... Warm autumn ...

... pede looks confortáveis e levinhos tanto para o ambiente casual, quanto para encarar o trabalho.


Cores vibrantes também são fortes tendências para o momento...






E um vestidinho básico para um encontro informal a noitinha com amigos ou até mesmo para enfrentar uma reunião de trabalho.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Seu Machado Está Afiado? Sharp is Your Axe?

Em seu livro “The 7 Habits of Highly Effective People” (Os 7 Hábitos das Pessoas Muito Eficientes), Stephen Covey denomina o sétimo hábito de “Afiar o machado”. Essencialmente, isto significa fazer uma pausa nos esforços produtivos para dar a si mesmo a oportunidade de experimentar uma renovação pessoal em uma ou mais das quatro dimensões básicas da vida: física, mental, sócio-emocional e espiritual.
Para exemplificar este princípio, Covey fala sobre um homem que passeia numa floresta, quando ouve o barulho de um machado. Ao investigar o som, o amante da natureza vê um homem suando profusamente enquanto tenta derrubar uma grande árvore. “O que você está fazendo?”, ele pergunta.

“Estou cortando esta árvore, não está vendo?”, é a resposta.

“O que quero dizer é que parece que você tem trabalhado duro. Há quanto tempo está fazendo isso?”

“Há duas horas”.

“Por que você não para um pouco e afia o machado? Isso tornará tudo mais rápido e fácil.”

“Não tenho tempo para isso. Tenho que cortar esta árvore!”

A Bíblia, no Antigo Testamento, usa esta mesma analogia para mostrar como podemos nos tornar mais efetivos: “Já que um machado cego vai exigir mais força, afie sua lâmina.” (Eclesiastes 10:10 – Tradução livre).
Existem muitas maneiras de “afiar a lâmina”: obter treinamento adicional; voltar à escola e adquirir mais conhecimento sobre a profissão; ler livros úteis.

Um comentário afirma:

“Tentar fazer alguma coisa sem ter a habilidade ou as ferramentas necessárias, é como golpear a madeira com um machado sem corte. Se lhe faltam ferramentas ou habilidade para realizar o trabalho, afie-as através de treinamento e prática.”

Um método para “afiar” é particularmente benéfico, mas nós relutamos em implementá-lo: o descanso.

“Não tenho tempo”, dizemos para nós mesmos – e para os outros, quando nos perguntam. “Tenho tanta coisa para fazer! Descansarei depois que terminar.”

Contudo, como já foi dito, “quanto mais me apresso, mais me atraso!” Ás vezes, trabalhar mais duro e mais rápido, quando estamos esgotados física, mental, emocional ou espiritualmente, na verdade, só diminui o resultado de nossos esforços.

Descansar – por um curto período, tirar uma soneca, um dia de folga, ou mesmo férias – restaura a energia, renova o espírito e reaviva o otimismo.

Algumas pessoas acreditam que o Deus da Bíblia exige contínua atividade. As Escrituras, porém, ensinam muito sobre a importância do descanso.

Falando da criação ela afirma: “No sétimo dia Deus já havia concluído a obra que realizara, e nesse dia descansou.” (Gênesis 2:2).

“Pois em seis dias o Senhor fez os céus e a terra, o mar e tudo o que neles existe, mas no sétimo dia descansou...” (Êxodo 20:11).

Um dos dez mandamentos é: “Lembra-te do dia de sábado, para santificá-lo.” (Êxodo 20:8). Isso, porém, não foi estabelecido como uma restrição, porque mais tarde Jesus declarou: “...O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado.” (Marcos 2:27).

Para Deus, o descanso não é apenas algo bom, mas também é necessário para uma vida frutífera e produtiva.

Nos relatos dos tempos de Jesus sobre a terra, nós O vemos – apesar das urgentes demandas- afastar-Se da multidão para “afiar o machado”. I Pedro 2:21 nos diz:

“...Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando-lhes exemplo para que sigam os Seus passos.” É razoável concluirmos que assegurarmo-nos de obter descanso suficiente é uma maneira de “seguir os Seus passos”. Seu machado está afiado?

Texto de Robert J. Tamasy, vice-presidente de comunicações da Leaders Legacy, corporação beneficente com sede em Atlanta. Georgia, USA. Com mais de 30 anos de trabalho como jornalista, é co-autor e editor de nove livros.

Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes (fortes@cbmc.org.com)

domingo, 27 de maio de 2012

Vivendo com Saúde / Living with Health

"É grande a preocupação da geração atual sobre a qualidade daquilo que estamos comendo; eu fico aqui pensando quantos de nós estamos preocupados com aquilo que está nos comendo." - Rick Warren

A vida é muito preciosa para ser desperdiçada com ira, preocupação, inveja ou desespero. Se alguma coisa já está lhe angustiando, não vale a pena acrescentar ainda mais problemas e dor à sua vida. Aceite a situação como ela realmente é – a seguir – faça alguma coisa a respeito e norteado por um positivo e focado propósito.

Deixe a ira, abandone suas preocupações e outros aleijões da mente tão cedo quanto você possa. Liberte-se das limitações impostas pela sua própria negatividade.

Renuncie a esse desperdicio emocional e viva a sua vida com saúde. Isso realmente não é difícil de fazer . Você foi criado para ser criativo e alegre. Em qualquer momento que você gasta a sua energia envolvido por sentimentos de vingança, ódio e ansiedade, você só estará sabotando a si mesmo.

Não há nada que possa lhe manter no chão quando você está comprometido a ser o melhor que você possa ser. O seu negativismo é alguma coisa pela qual você abandona ou mantém consigo; a decisão é só sua. Portanto, deixe isso para trás tão rapidamente quanto possa.

Concentre-se em manter-se emocional e psicologicamente saudável porque a alternativa é simplesmente devastadora. E hoje é um grande dia para começar a viver a vida de uma maneira genuinamente saudável.



"Evite a ira e rejeite a fúria; não se irrite, isso só levará ao mal." - Salmos 37:8

sexta-feira, 25 de maio de 2012

quinta-feira, 24 de maio de 2012

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Repórter Debochada, Merece o que, Heim???

Cada uma!!!

Vídeo de uma reportagem feita pela repórter Mirella Cunha, do programa “Brasil Urgente Bahia”, dias atrás, com um rapaz suspeito de crime sexual, causou indignação geral. Durante a matéria “Chororô na delegacia: acusado de estupro alega inocência”, feita dentro da 12ª Delegacia de Itapoã, em Salvador (BA), a jornalista faz piadas com o fato de o detido ter confundido exame de corpo delito com exame de próstata, além de debochar dos erros de português do acusado.


Devido a repercussão negativa nas redes sociais e ação de autoridades, a Band suspendeu a jornalista por tempo indeterminado e pretende demiti-la. O mesmo deverá ocorrer com outros eventuais responsáveis pela reportagem ter sido levada ao ar na afiliada baiana da emissora.


A coordenação do Núcleo Criminal do Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) apresentou na quarta-feira (23) representação pedindo a adoção de medidas cabíveis contra a repórter da Band. O órgão pretende apurar se houve violação dos direitos constitucionais do entrevistado.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Cão é Anfitrião de Passageiros no Aeroporto Internacional de Miami / Dog is Host of Passengers in Miami International Airport

Recebi de minha amiga Vivian, de Israel que recebeu Diretamente de Miami e resolvi publicar aqui porque achei fantástica a nova "profissão canina".
Cão Nosso de Cada dia...
“Pode me acariciar”, diz seu colete. Casey tem 3 anos, é da raça Golden Retriever e trabalha duas vezes por semana como voluntária no Aeroporto Internacional de Miami. Sua missão é simples: receber e dar carinho, e amenizar o tempo e a tensão natural dos passageiros nos portões de embarque – nacional e internacional. Casey e Liz, sua dona, em busca de um passageiro em necessidade de um chamego canino (abaixo).
Elas passeiam pelos saguões todas segundas e quintas, orientando os passageiros com dúvidas ou aqueles que estão só precisando de um agrado ou uma lambida. “Queremos ter certeza que todos estão tendo um dia agradável”, diz Miller.

E de fato, Casey alegrou o dia da brasileira Carem Monteiro, que adorou a surpresa no portão de embarque, onde aguardava o voo de volta à Brasília. Carem Monteiro e Victor Mendes Sutarelli, de Brasilia.“A ideia é muito legal pra descontrair”, disse Carem, que visitava Miami pela primeira vez com o noivo, Victor Mendes Sutarelli.
Miller já participava do programa de voluntários do aeroporto há um ano quando resolveu dois meses atrás inscrever Casey, que se tornou o primeiro cachorro a se juntar a esse grupo seleto de 80 pessoas que auxilia os passageiros. Abaixo, Abril Iriondo, de 3 anos, se encantou com Casey enquanto esperava o voo para Buenos Aires com a família. A cadela é treinada e certificada como cão de terapia. “Nosso objetivo como voluntário é tornar o tempo do passageiro no aeroporto o mais agradável possível e ajudá-lo como podemos”, diz Miller. “Então pensei, por que não trazer Casey? No minuto que ela entra, as pessoas ficam mais leves, alegres, começam a conversar. Quebra o gelo completamente”. Os passageiros – adultos e crianças – batem o olho na adorável cadela e o sorriso é imediato.

Ivan Dates e seu filho, Felipe, de 2 anos, curtem momentos alegres com Casey antes do embarque para Argentina acima.Liz conta que, recentemente, se emocionou quando uma senhora veio ao encontro de Casey, sentou-se no chão, colocou os braços na cadela e disse, “tive um dia péssimo. Esse cão fez a diferença”. A passageira era veterinária e tudo que ela precisava naquele momento era estar junto de um cachorro para tranquilizá-la enquanto esperava seu voo.

E não é diferente com os comissários de bordo.Mesmo correndo, prontos para entrar no avião com destino `a Brasília, Marcos Lopes e Larissa Bruch, ambos há seis anos na TAM, não resistiram: pararam para ver Casey.Disseram que nunca tinham visto um cachorro como anfitrião em aeroportos. “As pessoas ficam nervosas para o voo normalmente e ajuda bastante ter um bichinho ao lado”, diz Lopes. Bruch concorda. “Eu adoro cachorro”, diz a gaúcha, que tem dois em sua casa no Rio Grande do Sul — uma Yorkie e um gigante Dogo Argentino.
A dona diz que recebe centenas de visitas na página de Internet da Casey e muitos e-mails de passageiros agradecendo o carinho. Marc Henderson, assessor de imprensa do Aeroporto Internacional de Miami, disse que essa iniciativa de Liz e Casey ajuda muito a amenizar a tensão da viagem e criar uma experiência positiva dos passageiros.


“Eu acho que isso é muito importante em um aeroporto que já tem stress suficiente, desde encontrar um lugar para estacionar, check-in, segurança até o portão de embarque. Com todo esse stress, você vê esse peludão de quatro patas que vem a seu encontro, e sem a menor preocupação com nada, só quer lamber seu rosto”, diz ele, “é lindo”.
Quem quiser se comunicar com Casey, é só mandar um e-mail para casey@miami-airport.com Mas lembre que ela só fala inglês ou saiba mais e acesse:


Fotos de Daniel

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Mulheres no Comando Women in Command

Nesta semana, reprise do tema no Informe-se, no horário plus. Meu entrevistado é Douglas Soares, PhD em Administração de Empresas pela Flórida Christian University - EUA, Mestre em Administração de empresas com ênfase em gestão de Negócios e Competitividade, e também, coordenador e professor de várias disciplinas da Unisa.

Imperdível! Com seu jeito peculiar de ser, o prof. Douglas faz um apanhado geral sobre várias mulheres que influenciaram (e continuam influenciando) o mundo.

Canal Universitário (Net, canal 11 e TVA 71 e 187) nos horários PLUS, ou seja, com uma hora de duração.

- 2ª feira: 15h às 16h

- 3ª feira: 04h às 05h (manhã)

- 4ª feira: 14h às 15h

- 5ª feira: 22h às 23h

- Sábado: 18h às 19h

- Domingo: 15h às 16h

ou em tempo real pela internet www.cnu.org.br/aovivo.asp

domingo, 20 de maio de 2012

Tenha Fé !!! / Keep the Faith !!!


"Fé é confiar que Deus está operando em nós, mesmo quando nos sentimos frios, vazios, desamparados, sem vida, e ansiamos por emoções reconfortantes." - Pamela Reeve



"Faith is trusting that God is working in us even when we feel cold, empty, helpless, lifeless, and look forward to soothing emotions." - Pamela Reeve Em outras palavras: ter fé é confiar naquelas coisas que você não pode ver, mas ainda assim consegue enxergar seus resultados. São muitas as pessoas que duvidam da existência da fé e seus benefícios simplesmente porque não podem ver seus frutos.

São no entanto essas mesmas pessoas que não duvidam da existência da eletricidade. Elas não a vêem chegando a sua casa, mas podem ver os resultados quando ligam o interruptor! Elas não podem ver o vento, mas podem ver as conseqüências de uma tempestade.

Não conseguem ver as ondas do rádio e da televisão, mas podem detectar-lhes o resultado quando ligam seus aparelhos. Fé é a substancia das coisas que esperamos e a evidência, a prova de coisas que não vemos. Tenha fé!


"Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem." - Hebreus 11:1-2

sábado, 19 de maio de 2012

Lanchinho Especial no Sábado

Tudo bem leve, simples, gostoso e, saudável. Para dar tempo de praticar algum esporte, ou simplesmente caminhar e andar de bicileta, não é mesmo?


Dia de não fazer nada é fazer alguma coisa...

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Bali, Calmante Natural...

Um verdadeiro luxo para quem pode se aventurar. Paisagens deslumbrantes, em algum cantinho do mundo, fica aí a sugestão da "Linda Bali". Pé na estrada, sonhe a vontade - e bom descanso!!!!

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Casamento Militar em Cena

Eu já Tive a honra de participar de alguns casamentos militares e é simplesmente maravilhoso. Existe todo um ritual regado a músicas diferentes, um "silêncio de cumplicidade", uma concentração diferente - eu diria, é uma cerimônia bem singular, sem falar o ápice que é o famoso cruzamento de espadas entre os "colegas do noivo", também com trajes estilosos, relacionados à carreira em que atuam.

É praticamente um "uniforme", traje específico do noivo em questão sempre de forma única com muitos emblemas, tanto na cor - geralmente em preto, azul marinho, branco, ou vermelho como do Príncipe Charles, quanto nos modelos; e as opções variam de acordo com o cargo do noivo.



Facebook, Skype, Twitter, Youtube,... As Mídias Sociais



... ontem, hoje e, amanhã.


Incrível como os seres humanos estão sempre reinventando uma forma única de se relacionar uns cons os outros. Beeem interessante!

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Dormindo no Trabalho... o que Fazer? Sleeping at Work ... What to Do?

Embora as respostas acima sejam bem criativas, se você passa por problema semelhante, a dica é que verifique o que está errado e corra já para um tratamento eficaz, antes que você seja pego definitivamente e - "Adeus mesa de trabalho!"...

terça-feira, 15 de maio de 2012

Friozinho Fora de Hora...


... pelo menos aqui em sampa (São Paulo), o outono está com cara de inverno - arghhhh... Mas vamos enfrentá-lo, não é mesmo? Afinal, há dicas maravilhosas por aí, inclusive, dos grupos do blog ByMk que é tudo de bom e tem modelitos para todos os gostos, bolsos e estilos.

Escolhi alguns looks para trabalho formal, informal, para a noite, o dia, simples e mais elaborados, ... enfim, inspire-se e coloque sua criativadade em ação.
Detalhe: dos tons claros aos mais escuros, vale tudo, inclusive o "pretinho básico", claro, que nunca pode ser deixado fora.















Valeu??? Então, mãos à obra e arrase no trabalho - ou fora dele!

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Hardware Cerebral

Muito interessante esse texto que recebi de minha amiga Márcia Lilla sobre o fato de falar dois idiomas. Vamos lá, sempre aprendendo...


Ser bilíngue "refina" o sistema nervoso auditivo, permitindo filtrar melhor o que se ouve.E isso melhora a atenção e a memória de trabalho.

Viorica Marian e Nina Kraus, da Universidade Northwestern (EUA) descobriram como isso ocorre em nível fisiológico. Ou seja, ser bilíngue afeta o "hardware" cerebral. Atenção, inibição e memória.

Os cientistas descobriram que o fato de falar dois idiomas altera a forma como o sistema nervoso responde aos sons. "As pessoas fazem palavras cruzadas e outras atividades para manter suas mentes afiadas. Mas as vantagens que descobrimos em falar dois idiomas vêm automaticamente apenas do fato de conhecer e usar dois idiomas," afirma Marian.

"Parece que os benefícios do bilingualismo são particularmente fortes e amplos, e incluem a atenção, a inibição e a codificação do som," completa a pesquisadora.Os pesquisadores planejam fazer, a seguir, uma nova pesquisa para descobrir se os mesmos efeitos são obtidos quando se aprende um segundo idioma mais tarde na vida, e não enquanto jovem, como ocorreu com os participantes do estudo.

Filtrar barulhos. Os experimentos compararam a resposta cerebral a sons complexos de pessoas que falam inglês e espanhol e pessoas que falam apenas inglês. Em um ambiente silencioso, o cérebro dos dois grupos se comportou de maneira muito similar.

Mas, em um ambiente de barulho, os bilíngues saíram-se muito melhor. "Com a experiência de ajustar a atenção, o sistema auditório dos bilíngues torna-se altamente eficiente em processar automaticamente os sons, " disse Kraus.

Já se sabia que falar dois idiomas acelera desenvolvimento cognitivo de criança. Outra pesquisa, realizada na mesma universidade, também já havia demonstrado que falar dois idiomas retarda sintomas de Alzheimer.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails