quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Bailarinas na Passarela de Milão


Nesta quinta-feira, um grupo de balé cruzou a passarela da Roccobarocco durante a Semana de Moda de Milão.

As bailarinas desfilaram na passarela de Milão e fizeram várias performances entre as entradas das modelos que exibiram as peças da coleção outono-inverno 2009/2010.

O brilho é elemento básico na nova coleção, inclusive, presente no blazer, em detalhes do decote e, também, nos sapatos. Em alguns looks, a renda é usada nas costas e sobre o colo. Pregas e babados dão volume, mas, o que predomina é a silhueta ajustada ao corpo, principalmente nos vestidos longos.







No final do desfile, o estilista italiano Rocco Barocco cumprimentou a platéia.




Fotos: Reuters

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

O sábio discute idéias...


O medíocre discute pessoas.
O comum discute fatos.
O sábio discute idéias.
Provérbios de Salomão

Hipopótamo Nile


Nesta quarta-feira, a Indonésia mostra o filhote de hipopótamo Nile de 4 dias para público, ao lado de sua mãe, Dolly, no safári Taman, em Bogor, Java Ocidental, onde moram.

Resolvi "noticiar" porque de uns tempos pra cá, descobri que sou apaixonada por hipopótamos desde que comecei a ver grande parte da coleção do arquiteto e consultor de etiquetas Fábio Arruda, e claro, assistir - sempre que posso, pasmem, os Backyardigans, tudo por causa da Tacha (e sua Turma), uma hipopótamo fêmea amarelo muito fofa e contagiante.

Uma curiosidade sobre os hipópotamos é que passam boa parte do tempo debaixo d’água, principalmente em dias de sol. Eles podem ficar até 20 minutos submersos, sem respirar. Têm olhos e orelhas na mesma direção para facilitar a observação quando estão na superfície. E uma outra é que a orelha e o nariz são pequenos porque se fecham quando o animal mergulha.

Para saírem da lagoa, só se a fome apertar. O tratador coloca o café da manhã, aciona o chamado e eles atacam a comida pra valer. Os hipopótamos podem comer até 200 kg por dia. Comem muito mamão, manga..., muitas coisas mesmo... características do animal que também adoram um carinho. Quando ficam muito tempo tomando sol, a pele deles produz um líquido parecido com sangue, mas é um protetor solar natural.

Como o bebê Nile está muito longe, você poderá apreciar seus "irmãos" aqui no Brasil mesmo, participando do passeio noturno pelo zoológico de São Paulo na Água Funda, Zona Sul, criado em 2003 pela direção do parque. A atração, que acontece apenas três vezes a cada mês, se concentra em animais que estão mais ativos à noite, como o hipopótamo, por exemplo. Talvez, será preciso um pouco de paciência para visitar o amigo grandalhão, pois geralmente há uma lista de espera que pode chegar a oito meses.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Corrida das Panquecas

Tradicionalmente, equipes formadas por membros do Parlamento britânico da Casa dos Lordes e de jornalistas, disputam a Corrida das Panquecas, que dura cerca de 30 minutos.
Para a edição 2009 da tradicional Corrida, muitos britânicos se reuniram nesta terça-feira, em Londres. Em vez dos bastões, cada corredor passa a frigideira com a panqueca para o próximo competidor. Antes de entregar a frigideira para o companheiro, os competidores são obrigados a virar a panqueca no ar sem deixá-la cair no chão.

A corrida, que sempre beneficia instituições de caridade, neste ano, reverterá a verba arrecadada ao projeto Reading Single Homeless, que ajudará aqueles que não têm onde morar.

domingo, 22 de fevereiro de 2009

... and the Oscars go to ...


Em Los Angeles, pairou muito segredo em torno da maior Festa de Hollywood, o Oscar 2009; mas tudo correu como o esperado. A crise mundial deu o tom à 81ª edição do Oscar, que foi realizada na noite deste domingo no Teatro Kodak, sem muita ostentação ou algo excessivamente chamativo.

Estrelas do cinema mundial demonstraram beleza, de forma um pouco mais contida e menos glamourosa que nos "velhos tempos" no tradicional tapete vermelho. Iesa Rodrigues, jornalista e consultora de moda e estilo do Senac-Rio, falou em entrevista que foi prevista uma certa moderação devido à crise mundial e que, nos últimos desfiles internacionais, os estilistas, temendo ou já sentindo os efeitos da recessão global, apresentaram coleções mais discretas.

"Uma das tendências", disse a jornalista, "é resgatar a era de ouro de Hollywood, o que deverá se refletir em looks inspirados em divas do cinema da década de 40, como Ava Gardner". "A discrição dos vestidos de grife será contrabalanceada pelo brilho das jóias, que este ano farão toda a diferença na composição dos looks", disse ela. "O toque de glamour será dado pelas jóias e pérolas, sempre luxuosas e sempre presentes", afirma Iesa."É possível até que vejamos um look 'total-black'", arrisca a consultora.

Diante de mutias apresentações musicais, dentre os vencedores da Academia, ator e atriz coadjuvantes, Milk-roteiro original, animação, curta-metragem, maquiagem, fotografia, documentário, ... o grande favorito era o roteiro adaptado "Quer ser um Milionário?", produção britânica falada parcialmente em hindi e filmada nas favelas de Mumbai, que concorria em dez categorias, entre elas, filme e diretor.


Mas o ponto mais emocionante da cerimônia foi a homenagem ao ator coadjuvante Heath Ledger, que interpretou o Coringa de "Batman" e morreu em janeiro de 2008, ganhou Oscar póstumo. Seu pai, mãe e irmã vieram exclusivamente da Austrália para a festa e subiram ao palco para receber a estatueta."É uma emoção, quero agradecer a Academia por reconhecer o trabalho do nosso filho. Agradecer a eles por dar ao Heath licença criativa para sua interpretação", afirmou o pai do ator. Vários rostos emocionados foram flagrados pela câmera."Ficamos presos com a honra e o respeito dado a ele por esse prêmio", afirmou a mãe. "Sabíamos que você havia criado um Coringa especial. Gostaríamos que você estivesse aqui", afirmou a irmã.


Introspecção


"É sempre bom tudo que acaba bem. O fim coroa a obra. A trajetória mais difícil importa maior glória."
William Shakespeare (1564-1616), dramaturgo e poeta inglês.

Insight
"It's always good that everything ends well. The end crown the work. The more difficult course be greater glory."
William Shakespeare (1564-1616), English poet and playwright.

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Por que as pessoas mentem

O que leva uma jovem bonita, 26 anos, sorriso inocente, que teve a oportunidade de se formar em Direito e morar na Suíça, inventar uma gravidez, um aborto pós-suposto ataque, enfim, viver uma farsa? Seria uma doença? Ela queria chamar a atenção de quem?

A repercussão do caso na mídia suíça (Tribune de Genéve, 20 Minuten, Blick,...) foi intensa. A imprensa mergulhou fundo nas notícias de Paula Oliveira que informara ter sido agredida por três neonazistas na periferia de Zurique. O jornal "Tages Anzeiger" disse dois dias antes de sua confissão que entre as suspeitas estão a possível intenção de Paula receber uma indenização do Estado até forçar o namorado a casar com ela....

Em 13 de fevereiro (sexta-feira 13), Paula declarou que não aconteceu nenhum ato de agressão e que ela tinha aplicado as feridas de corte nela por si própria e também confessou que não estava grávida, quando confrontada com os resultados dos exames ginecológicos. Ela enganou as autoridades, incorrendo no artigo 302 do Código Penal Suíço, que prevê pena de até três anos de prisão.

Achei muito pertinente a matéria de capa da Revista Época deste fim de semana com o tema "Por que as pessoas mentem". Relata o interesse despertado pelo caso Paula Oliveira e o que tem a ver com a consciência da importância da mentira em nossas vidas e, como a ciência ajuda a entender o que nos leva a enganar os outros - e a nós mesmos.

Giro Gastronômico em Buenos Aires

A jornalista e blogueira norte-americana, Layne Mosler, 34, recorre a taxistas da capital argentina para descobrir restaurantes pouco conhecidos. Ao sabor de alguns dos 38 mil taxistas da cidade, ela explora a cozinha de bairros distantes do circuito turístico (estes, garimpados em guias gastronômicos e de viagem), como a da comunidade genovesa de Villa Devoto e a dos coreanos de Flores, por exemplo. Antenada, arrisca algumas sugestões de especialidades portenhas como San Telmo que segundo ela, guarda as melhores parrillas; no centro, está a melhor pizza e o concorrido Choripán (pão com linguiça argentino) é na Avenida Costanera Sul, dentre outros.

Radicada na Capital argentina há três anos, Layne, elegeu um método muito simples para seu giro gastronômico em Buenos Aires: ela estica o braço e chama um táxi; acrescenta um pedido estranho: "Pode me levar ao seu lugar preferido para comer?" Esta é a sua senha para a descoberta de tesouros secretos da culinária portenha, que descreve desde 2007 em seu blog http://www.taxigourmet.com/, escrito em inglês.

Devido a experiência adquirida, a jornalista se credencia a opinar em uma polêmica sobre a fama da carne argentina, se é mesmo exagerada. Ela afirma que não é exagero, pois a Argentina é mundialmente conhecida devido a riqueza da arte, música, dança e ótimo churrasco. Para ela, os taxistas oferecem um meio, talvez, não o mais eficiente, mas com certeza, é o mais interessante, inclusive, as melhores indicações dos taxistas portenhos são: Albamonte, Parrilla Peña, Mi Sueño, Don Lechón e La Aguada. Como a gastronomia faz parte de uma de suas paixões, ela foi a alguns lugares bem medíocres, mas também a outros que nunca encontraria se não fosse através de uma boa indicação - de taxistas.

Max Gehringer para a rádio CBN

Tempos atrás, Max Gehringer para a rádio CBN, em entrevista, disse o seguinte:

Existem muitos gurus que sabem dar respostas criativas às grandes questões sobre o mercado de trabalho. Aqui vai um pequeno resumo da entrevista com o famoso Reynold Remhn.
Pergunta: Ainda é possível ser feliz num mundo tão competitivo?
Resposta: Quanto mais conhecimento conseguimos acumular, mais entendemos que ainda falta muito para aprendermos. É por isso que sofremos. Trabalhar em excesso é como perseguir o vento. A felicidade só existe para quem souber aproveitar agora os frutos do seu trabalho.
Segunda pergunta: O profissional do futuro será um individualista?
Resposta: Pelo contrário. O azar será de quem ficar sozinho, porque se cair, não terá ninguém para ajudá lo a levantar-se.
Terceira pergunta: Que conselho o senhor dá aos jovens que estão entrando no mercado de trabalho?
Resposta: É melhor ser criticado pelos sábios do que ser elogiado pelos insensatos. Elogios vazios são como gravetos atirados em uma fogueira.
Quarta pergunta: E para os funcionários que tem chefes centralizadores e perversos?
Reposta: Muitas vezes os justos são tratados pela cartilha dos injustos, mas isso passa. Por mais poderoso que alguém pareça ser, essa pessoa ainda será incapaz de dominar a própria respiração.
Última pergunta: O que é exatamente sucesso?
Resposta: É o sono gostoso. Se a fartura do rico não o deixa dormir, ele estará acumulando, ao mesmo tempo, sua riqueza e sua desgraça.

Belas e sábias respostas. Eu só queria me desculpar pelo fato de que não existe nenhum ReynoldRemhn. Eu o inventei.

Todas as respostas, embora extremamente atuais foram retiradas de um livro escrito a 2.300 anos: o ECLESIASTES , do Velho Testamento. Mas, se eu digo isso logo no começo, muita gente, talvez, nem tivesse interesse em continuar ouvindo.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Você sabia?

Você sabia que a origem da palavra OK, surgiu durante a histórica Guerra Civil Americana? Quando as tropas retornavam da batalha sem nenhuma baixa, era escrito e afixado para dar conhecimento a todos,"O.Killed", nenhum morto. Daí veio a expressão "O.K." que significa que "tudo está bem".

O dia em que Deus derrubou a caixa de tintas...

Recebi um e-mail com o título: O dia em que Deus derrubou a caixa de tintas e fiquei simplesmente encantada com algumas imagens "respingadas na Terra" pelo nosso Criador e desejei repartí-las com todos... Este é um lugar real nos arredores de Bakersfield, Califórnia, EUA e dispensa comentários. Respire fundo, inspire, suspire e delicie os seus olhos...










quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Provérbio chinês


Todos os dias arrumamos os cabelos. Por que não o coração?
Provérbio chinês

私たちは皆が自分の髪が日を得る:理由は、心臓? 中国の諺

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Homenagens aos 50 anos de Barbie


Uma série de vários eventos acontecerão no mundo todo em homenagens aos 50 anos de Barbie, a boneca mais vendida de todos os tempos, apresentada ao mundo, oficialmente em 09 de março de 1959.

No dia 11 de fevereiro de 2009, foram apresentados alguns croquis dos looks que Barbie usará num dos desfiles mais aguardados da Semana de Moda de Nova York. O desfile das criações, que será feito com modelos de verdade nas passarelas da Mercedes-Benz Fashion Week, a Semana de Moda de Nova York, acontecerá de 13 a 20 deste mês.

O desfile contará com os looks especiais que 50 estilistas criaram especialmente para homenagear a boneca. Um exemplo é o modelo luxuoso e colorido longo assinado por Robert Best, estampado por vários retratos da boneca.


Produções para a noite foram apostas das grifes Tuleh, Reem Acra e Peter Som. Babados e muito volume nas saias prometem agradar quem gosta de ver Barbie vestida para os momentos de gala. A sua relação com a moda é antiga e ela já vestiu criações de Christian Dior, Chanel, Versace, Givenchy, Carolina Herrera, Donna Karan, Giorgio Armani, além dos brasileiros Alexandre Herchcovitch e Lino Villaventura. Desta vez, teremos o estilista Amir Slama, única grife brasileira que estará ao lado de nomes como Christian Louboutin, Vera Wang, Cynthia Rowley, Anna Sui, Diane Von Furstenburg e Jeremy Scott.

Para o desfile, os criadores puderam se inspirar em todo o legado da boneca e desenhar peças baseadas na história, no presente ou até no futuro da Barbie. A boneca ganha, entre outras ações, uma festa na Califórnia, em uma casa inspirada em seu estilo de vida, a Malibu Dream House, uma loja e exposição na famosa loja de departamentos francesa Colette e uma flagship store (loja-conceito) em Xangai, na China.






Rachel Roy mostrou que irá levar para a passarela nova-iorquina um maiô listrado na modelagem tomara-que-caia, representando a moda praia.

Para quem não pôde participar da seleta lista de convidados da apresentação, poderá verificar o desfile ao vivo pelo site http://www.barbie.com.br/ que será transmitido ao vivo, às 18h (horário de Brasília). Após a apresentação, haverá o lançamento de um espaço exclusivo da boneca na loja Bloomingdale's, em Manhattan.

Hands On


Recentemente ganhei um livro de meu marido "Clássicos do Mundo Corporativo", de Max Gehringer, Editora Globo e gostaria de recomendá-lo. É ótimo! Atual, prático e .... relevante. Como estou em transição de carreira, um dos capítulos chamou muito a minha atenção, pois me identifiquei com a situação. Ei-la:

Hands On

Concorrendo com mais duzentos canditatos, a Fabiana ficou com a cobiçada vaga de gestora de atendimento interno, nome que agora se dá à sessão de serviços gerais.

No processo seletivo, a Fabiana preencheu todos os requisitos exigidos pela empresa; que eram, além de formação superior, fluência em inglês, profundos conhecimentos de informática, criatividade, liderança e ambição. E ainda ser hands on.

No primeiro dia, a Fabiana instalou-se em sua mesinha e meia hora depois chegou o primeiro cliente interno. Seu Borges. Fabiana se apresentou e o seu Borges já foi mandando:

- Faça três cópias desse relatório.
- In a hurry!
- Saúde.
- Não, isso quer dizer "bem rapidinho". É que tenho fluência em inglês. Aliás, desculpe perguntar, mas por que a empresa exige fluência em inglês se aqui se fala apenas português?
- Sei lá. Dá para você tirar logo as cópias?
- O senhor não prefere que eu digitalize? Porque tenho profundos conhecimentos de informática.
- Não, não. Cópias normais mesmo.
- Certo. Mas não poderia deixar de mencionar minha criatividade. Comecei a desenvolver um projeto social visando eliminar 30% das cópias que tiramos.
- Fabiana, desse jeito não vai dar!
- E eu não sei? Preciso urgentemente de uma auxiliar.
- Como assim?
- É que sou líder e não tenho ninguém para liderar. Considero isso um desperdício de meu potencial energético.
- Olha, neste momento, só preciso das três có...
- Com certeza. Mas antes vamos discutir meu futuro...
- Futuro? Que futuro?
- É que tenho ambição. Já faz uma hora que estou aqui e ainda não aconteceu nada.
- Fabiana, estou aqui há dezoito anos e também não me aconteceu nada!
- Sei. Mas o senhor é hands on?
- Hein?
- Hands on. Mão na massa.
- Claro que sou!
- Então o senhor mesmo deve tirar as cópias. E agora com licença que vou sair por aí explorando minhas potencialidades; foi o que me prometeram quando fui contratada.

Então, o mercado de trabalho está ficando dividido em duas facções. Uma, que aumenta cada vez mais, é a dos que não conseguem boas vagas porque não têm as qualificações requeridas.

A outra facção, menor, mas crescente, é a dos que são admitidos porque têm todas as competências exigidas nos anúncios. Mas não poderão usá-las, porque, no fundo, a função não precisava delas.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Como manter a saúde em alta

O novo ano já está voando e aos poucos estamos voltando à rotina diária. Para mantermos as baterias recarregadas, desfrutarmos de uma vida mais saudável e como manter a saúde em alta, eis algumas dicas práticas, muito simples, baratas e acessível a todos. Nada além do que já é recomendado regularmente pelos médicos e especialistas da saúde a todas às pessoas, sem restrições de idades. Vamos lá:


1. Cultive o hábito de espreguiçar ao acordar, como um gato. Mexa-se! Alongue o corpo, estique os braços, pernas e pescoço, durante alguns minutos.
O alongamento ajuda a despertar, dá maior disposição e, o que é melhor, impede o enferrujamento;















2. Faça medita ção, ore, busque ajuda de Deus - Criador, para enfrentar o dia; arme-se para encarar qualquer des afio dentro ou fora de casa. Pense positivo. Parece óbvio, mas muitos enxergam apenas o lado negativo em tudo e automaticamente isso os deixa para baixo, ainda mais com uma palavra tão em moda como a crise. Relaxe, "No stress", faça a sua parte e dará tudo certo;

3. Comer de forma saudável é a melhor estratégia para quem quer emagrecer, manter o peso e a saúde em alta. Inicie com o café da manhã; ele deve ser a mais importante refeição do dia, portanto, capriche. Inclua frutas, queijos, cereais, pães integrais (cuidado com aquele pãozinho ou “gostosuras” muito atraentes da padaria); procure comer pequenas porções de 02 em 02h, no máximo de 03 em 03h, conforme ensinam os nutricionistas.

O segredo é não deixar a fome chegar e manter o estômago sempre abastecido. Atenção, se você deseja perder peso, a magreza deve começar pela sua geladeira; abasteça-a com alimentos prontos, saudáveis e leves, lembrando sempre que pequenos (e gostosos) detalhes emagrecem mesmo. Nada de jejum prolongado;

4. Caminhe o máximo que puder, de preferência pela manhã. Pode ser com você mesmo ou com seu amor, seu cãozinho, seus amigos, se possível - todos os dias, se não der, pelo menos 03 vezes por semana, por meia hora (sabia que o sol da manhã estimula a produção de vitamina D e deixa seu organismo mais saudável nessa hora?). Além de ser bom para o coração, manter a linha e oxigenar o cérebro, a caminhada afugenta a depressão e te deixa pra lá de disposto.
Caso não possa “se vestir” adequadamente para tal atividade ou não tenha tempo, aproveite os momentos que terá que fazer compras, serviços de rua e caminhe – não em passos de vitrine, mas com passos firmes e sem pensar em distrações como gastar indevidamente, por exemplo, sem necessidade. Seja coerente, o objetivo é relaxar e como diz a minha mana, Cal: "a vida é movimento.";

5. Beba muita água, como estamos acostumados a ouvir, no mínimo dois litros por dia (achou muito? Que tal 08 copos de 250 ml?). Ela hidrata a pele, combate a fermentação, gases, “desembola” as fibras, desintoxica o interior;

6. Além de cultivar hábitos tão saudáveis, pratique um hobbie, trabalhe com afinco na área em que gosta - mas sem vício, não como fuga; faça uma bela faxina - faz muito bem pra saúde mental, física e "ambiental". Cuide dos relacionamentos... seu corpo produzirá endorfinas (bem-estar) e agradecerá, combatendo o estresse.

Use a criatividade para inventar novas maneiras de administrar suas dificuldades. Se você não gosta de cozinhar, praticar caminhada e exercícios, busque ajuda: compre revistas voltadas para o assunto como "Boa Forma", "Dieta Já", "Pense Leve" e muitas outras; elas são ótimas (as citadas, são minhas preferidas) e sempre servem como incentivo para quem deseja iniciar uma reeducação alimentar, esportiva, ou seja, viver com maior qualidade de vida. Nelas há vários cardápios montados, sugeridos por nutricionistas a fim de orientar e facilitar a sua vida e o seu entendimento. Corra atrás e vença qualquer desinteresse que a faça desistir.
Por fim, cultive jardinagem, uma horta, mesmo que more em apartamento e jogue fora as idéias infelizes, os velhos padrões de pensamentos, sentimentos negativos e idealize um novo projeto para sua vida. Para alguns, parece difícil, mas as grandes mudanças começam com apenas um passo, pequenas atitudes, metas razoáveis. Se você pretende manter ou perder peso, conte com os alimentos e exercícios que solucionarão boa parte de seus objetivos; além do mais prevenirão muitos problemas para o seu corpo e a sua mente. Além de retardar o envelhecimento, você ganhará energia, aumentará a resitência e o rendimento, de forma prazerosa e porque não dizer, "light".

"Uma caminhada de mil milhas, começa com apenas um passo".
Provérbio chinês

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Borboletas...

O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar de seu jardim para que elas venham até você. Mário Quintana (1906-1994) - poeta, tradutor e jornalista brasileiro

Il segreto è non correre dietro alle farfalle. È curare il giardino perché loro vengano da te. Mário Quintana (1906-1994) - poeta, traduttore e giornalista brasiliano

sábado, 7 de fevereiro de 2009

A Story to Live By

Pra variar, remexendo em meus arquivos, deparei-me com o texto abaixo (A Story to Live By) que circulou há alguns anos pela internet e eu já o praticava mesmo antes de conhecê-lo. Resolvi publicá-lo pois, a idéia principal é maravilhosa. Apesar de longo, vale a pena a ler...

Meu cunhado abriu a última gaveta da cômoda e retirou um pacote embrulhado com papel de seda. "Isto", ele disse, "não é combinação. Isto é uma lingerie". Ele desembrulhou e entregou-me a peça. Era linda, de seda, feita à mão e bordada com rendas. A etiqueta de preço com um desenho enorme ainda estava afixada na peça.

"Jan comprou-a na primeira vez que estivemos em New York, há uns 8 ou 9 anos atrás. Ela nunca usou. Ela estava guardando-a para uma ocasião especial. Bem, acho que agora é a ocasião", disse.

Ele pegou a peça das minhas mãos e colocou-a na cama junto com as outras roupas que separamos para levar à funerária. Acariciou a peça por um momento, bateu a gaveta, virou-se para mim e disse: "Nunca guarde nada para uma ocasião especial. Todo dia é uma ocasião especial".

Fiquei relembrando aquelas palavras durante o funeral e os dias que se seguiram, quando os ajudei, ele e a minha sobrinha a superar a tristeza que segue uma morte inesperada. Fiquei pensando neles durante o vôo de volta para a Califórnia. Pensei em todas as coisas que a minha irmã não pôde ver, ouvir ou fazer. Pensei nas coisas que ela fez sem perceber como elas foram especiais. Ainda continuo pensando nas palavras dele, elas mudaram minha vida.

Estou lendo mais e espanando menos. Fico sentada na cadeira admirando a vista do jardim sem a neura de ficar arrancando as ervas daninhas. Estou gastando mais tempo com a minha família e amigos e menos tempo em reuniões de comitês. Sempre que possível, a vida deveria ser uma experiência a ser saboreada, e não uma prova. Estou tentando reconhecer estes momentos e usufruí-los.

Não estou "guardando" nada; usamos todas as nossas porcelanas chinesas e os cristais para todos os eventos especiais como: perder alguns quilos, consertar um vazamento na pia e para a primeira florada das camélias. Visto meu blazer preferido para ir ao mercado quando sinto vontade.

Minha teoria é: se sinto que está sobrando dinheiro, gasto $28,49 em um pequeno pacote de guloseimas sem pestanejar. Não estou guardando meu melhor perfume para festas especiais; os caixas em lojas e atendentes em bancos tem narizes que funcionam tão bem quanto os de meus amigos de festas. "Algum dia" e "um dia desses" estão perdendo a importância no meu vocabulário. Se for útil ver, ouvir e fazer, quero ver, ouvir e fazer agora.

Não sei o que minha irmã teria feito se soubesse que estaria aqui para o amanhã a que todos nós fomos permitidos. Acho que ela teria ligado para todos da família e a alguns amigos íntimos. Poderia ter ligado para antigos amigos para se desculpar e reparar brigas do passado sem importância. Penso que ela teria ido jantar em um restaurante chinês, sua comida favorita.

Estou supondo... Nunca saberei....

São essas pequenas coisas deixadas sem fazer que me deixariam brava se soubesse que o meu tempo seria limitado. Brava, por ter, algum dia, cancelado encontros com bons amigos. Brava por não ter escrito cartas que pretendia ter escrito. Brava e arrependida por não ter dito mais frequentemente ao meu marido e a minha filha o quanto eu realmente os amo.
Estou tentando muito não adiar, impedir, ou guardar alguma coisa que proporcione alegria e brilho a nossas vidas. E toda manhã quando abro meus olhos, digo a mim mesma que isso é especial. Todo dia, todo minuto, todo suspiro é realmente... um presente de Deus.

Se você recebeu esta carta é porque alguém pensa em você. Sentimentos profundos vem de amar os outros. Não faça isto, e sofrerá as consequências de estar mergulhado nos seus afazeres sendo ocupado demais para pensar nas coisas que realmente gosta.

Amor e Deus poderão encher a sua vida de bençãos! A diferença entre o ordinário e o extraordinário... é somente um pequeno "extra"...
Por Ann Wells - Los Angeles Times

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Terremotos

Dizem que passado o terremoto de Lisboa (1755), o Rei perguntou ao General o que se havia de fazer. Ele respondeu ao Rei: 'Sepultar os mortos, cuidar dos vivos e fechar os portos'.

Essa resposta simples, franca e direta tem muito a nos ensinar. Muitas vezes temos em nossa vida 'terremotos' avassaladores, o que fazer? Exatamente o que disse o General: 'Sepultar os mortos, cuidar dos vivos e fechar os portos'. E o que isso quer dizer para a nossa vida?

Sepultar os mortos significa que não adianta ficar reclamando e chorando o passado. É preciso 'sepultar' o passado. Colocá-lo debaixo da terra. Isso significa 'esquecer' o passado. Enterrar os mortos.

Cuidar dos vivos significa que, depois de enterrar o passado, em seguida temos que cuidar do presente. Cuidar do que ficou vivo. Cuidar do que sobrou. Cuidar do que realmente existe. Fazer o que tiver que ser feito para salvar o que restou do terremoto.

Fechar os portos significa não deixar as 'portas' abertas para que novos problemas possam surgir ou 'vir de fora' enquanto estamos cuidando e salvando o que restou do terremoto de nossa vida. Significa concentrar-se na reconstrução, no novo.


É assim que a história nos ensina. Por isso a história é 'a mestra da vida'. Portanto, quando você enfrentar um terremoto, não se esqueça: enterre os mortos, cuide dos vivos e feche os portos.
Autor desconhecido

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Dicas de viagens

Uma das atividades mais gostosas da vida é dar um tempo no trabalho, na escola e desligar o despertador em certo período do ano. As férias escolares terminaram, mas muitas pessoas se programaram para viajar exatamente nessa época, a fim de aproveitar a alta temporada que estará mais tranquila, independente das constantes chuvas.

Não importa se você partirá de trem, ônibus, carro, avião ou para um Cruzeiro de 05, 07 dias - tão em moda hoje em dia. Mesmo que seja para fora do país ou para o interior do Brasil, o importante é recarregar as energias, descansar, relaxar, conhecer pessoas e lugares novos, culturas diferentes porque o ano já começou e está passando bem depressa.
Dentro de poucas semanas, a rotina voltará ao normal, com todas as suas exigências do "Fast Food" em algumas áreas pra quem trabalha fora ou fica em casa. Se há casais com crianças ou adolescentes em período escolar você terá que se repartir ainda mais.

Qualquer deslocamento requer planejamento de um roteiro de viagem bem detalhado. Por isso, na lista dos preparativos de sua viagem, não se esqueça da máquina fotográfica, tão essencial quanto o chapéu ou as sandálias havaianas. Sem ela você não terá como transformar em arquivo sua história de vida. Poderá relembrar as emoções sentidas quando olhar para as fotos e reviver tempos depois ao olhar para elas.

É fundamental checar o clima e a temperatura do destino antes de colocar as roupas na mala. Durante o período de estada, evite abuso de bebidas alcóolicas e aventuras gastronômicas, pois o excesso, o tempero diferente do habitual poderão estragar sua viagem. Caso você tome algum medicamento de uso contínuo, leve quantidade suficiente até o retorno e tenha a receita médica sempre a mão.

E se você não for viajar por algum motivo, deixe-me compartilhar algo bem bacana. Recentemente vivenciei uma experiência muito boa, diferente de todas as que já vivi antes. Como estou em transição de carreira, tenho recebido ofertas de trabalhos temporários e/ou estágios. Eu e meu marido havíamos nos programado para viajar em janeiro e o cardápio de sugestões era variado: praia ou américa Latina ou casas de parentes e amigos no interior paulista, carioca, ou .... Mas aceitei uma proposta de trabalho irrecusável exatamente para o mês de dezembro e janeiro. Conclusão: o tempo passou, chuvas se derramaram sem cessar e fomos adiando, sem saber muito o que escolher. Nesse meio tempo, resolvi dar continuidade no faxinão doméstico, agora numa parte mais leve (livros, revistas, coisinhas meio perdidas pela casa) e fiquei internada - não num hospital (graças a Deus), mas dentro de casa, de domingo à sábado.

Isso mesmo!!!! Tirei uma semana inteira para ficar dentro de casa, sem horários, sem um montão de coisas pra fazer com prazos, neuras, compromissos, cozinhar pratos saudáveis e coloridos (meus preferidos) e sem ter programado... Quando me preparava para caminhar, chovia torrencialmente; aí, fui ficando, ficando, ficando ... e o máximo que caminhava era até a janela ou elevador para acompanhar o maridão e duas visitas que recebi dentro de tal período. Foi muito bom, gostoso mesmo. Parece que a situação estava crítica pois fiquei com a sensação de ter me desintoxicado da adrenalina e muito cansaço adquiridos ao longo do ano.

Aproveitei para folhear revistas esparramadas - e empilhadas, pelo chão, livros, curtir objetos guardados e significativos .... Apenas no domingo meu marido se gabou de ter conseguido me tirar da toca para cair "nas garras" de sampa - dia do aniversário da cidade e ir à Igreja, almoçar fora, à praia dos paulistanos (Shopping, claro!) e, à livraria que mais gosto - ganhei mais livros, enfim, estava revitalizada novamente.

O que eu quero dizer é que as vezes, sentimos uma pressão muito grande para viajar, mudar de ares e sair, devido as férias, quando na realidade não é bem isso que desejamos naquele momento. No fundo, o que precisamos é de um tempo só pra nós e nossa família. Minhas dicas de viagens são simples e a principal delas é que aproveite este finalzinho de férias para descansar e - sem culpa, viajando ou não. Mesmo que queira, mas não possa viajar por alguma razão, arranje um cantinho de leitura em sua casa bem agradável - com a sua cara, decorado com as coisas que gosta, gaste mais tempo com sua família e amigos, caminhe, redescubra as ruas de seu bairro, enfim, de alguma forma busque energias para recomeçar uma nova temporada.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails