domingo, 21 de abril de 2013

Apenas mais Devagar

"A vida é tão frágil e temporária; ela pode acabar a qualquer momento. Eu não quero um dia olhar para trás e ver desperdícios... Eu quero frutos que irão permanecer." - Dave Hannah

A maioria dos aparelhos de CD ou IPod tem a possibilidade de mudar rapidamente de uma faixa musical para uma outra faixa do disco. Basta tocar rapidamente poucos segundos e uma outra faixa pode ser ouvida, e assim sucessivamente. Essa é uma maneira fácil de tocar a faixa preferida que se deseja ouvir. Você pode ouvir um álbum de sessenta minutos em apenas sessenta segundos. Mas essa, também, é uma maneira horrível de ouvir música.

Muito freqüentemente tentamos viver as nossas vidas dessa maneira. Rapidamente paramos aqui, damos uma outra rapidíssima parada acolá, mudando para um outro lugar a seguir e chegando num determinado lugar na hora exata de sair. Nós cobrimos uma grande área, mas perdemos muito. Considere por um momento a maneira como você respira. A cada segundo você coloca ar nos seus pulmões e um segundo depois você coloca ar para fora. Você não pode viver hoje com a respiração de ontem. Você tem que respirar agora, e mais uma vez e uma vez mais, num ritmo contínuo, sem cessar. Assim é a vida. Tudo tem um ritmo e um certo compasso. Ao tentar anular esse princípio, você acaba perdendo o que há de melhor.

O sábio Salomão afirmou que “tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu" O fato é que o hoje é abundante, o agora é suficiente, o amanhã virá na hora certa. Até que ele venha, viva o dia de hoje com profundidade, com relevância. Este momento é como uma linda sinfonia que está sendo orquestrada. Não a perca, apenas vá um pouco mais devagar.

Nélio DaSilva - www.encorajamento.com

Para Meditação:

"Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a cada dia o seu próprio mal." - Mateus 6:34

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails